Todos os Direitos Reservados Encaminhe Certo | Soluções Sustentáveis
Encaminhe Certo | Sobre Nós
13383
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-13383,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-13.4,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Sobre Nós

Conheça um pouco mais sobre nossa empresa.

A Encaminhe Certo oferece
agilidade, eficiência, economia e ações sustentáveis.

Desenvolvemos estratégias sustentáveis de baixo impacto ambiental, compensando qualquer tipo de impacto que possa existir. A ENCAMINHE CERTO SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS (ECSS) oferece soluções competitivas para qualquer tipo de projeto ser executado com um conceito internacional, somos capazes de reduzir por exemplo 89% da produção de LIXO em uma cidade, condomínio e grandes geradores.

 

Estabelecida em 2011, a ECSS investiu mais de US$ 2 milhões no desenvolvimento de tecnologia patenteada, uma delas é nossa parceira KOLLVIK, realizando uma série completa de testes em larga escala, bem como testes extensos de emissão, finalmente, com a melhor tecnologia do mundo em compostagem em cito e gestão de resíduos sólidos na Califórnia, localizada na Bacia de Los Angeles. A ECSS acaba de concluir sua aliança estratégica com Green Business Networking (GBN) para a implementação de projetos. Além disso, a ECSS ainda está finalizando a PRIMEIRA MICRO CERVEJARIA do Brasil 100% sustentável, com tratamento de efluentes com WATLAND, todo processo da cervejaria, não descarta qualquer tipo de resíduo à natureza, todo processo é limpo, hoje esse projeto é uma REALIDADE. Nossos planos é de cada vez mais encontrar empresas ou empreendedores com foco de investir mais no início dos projetos e terem um retorno sustentável e muito mais rentável de todo processo. Isto vai permitir à empresa expandir o seu suporte de engenharia sustentável e estabelecer parcerias de porte. A empresa está bem posicionada para oferecer soluções econômica e altamente sustentável e de alta inovação para os projetos.

 

A GBN foi escolhido pela sinergia e produtos que agregam os projetos executados pela ECSS, obtendo o cliente valores mais competitivos.

Visão Geral do Negócio

Objetivo do Negócio

Introduzir no cenário brasileiro um modo alternativo e extremamente inovador de tratamento dos Resíduos Sólidos que impacta diretamente em todos os setores;

 

Além de solucionar definitivamente o problema dos resíduos, a tecnologia permitirá transformar o lixo em fonte de receita através da recuperação de recicláveis, compostagem e também criar espaços de cidadania.

Aspectos em Destaque

Meio Ambiente – O cenário degradante observado em lixões a céu aberto é um passivo ambiental que pode e deve ser resolvido. O manejo inadequado polui o lençol freático, o solo e o ar, além de causar doenças. A ECSS da uma solução definitiva a este problema social e ambiental, tratando o lixo como um recurso e não como rejeito.

 

Legislação – Nos últimos anos o poder público federal vem exigindo das esferas estaduais e municipais uma solução para o problema dos resíduos sólidos. Essa pressão crescente e uma maior consciência social e ambiental são em grande parte responsáveis pela implantação de sistemas de gestão adequados como aterros sanitários. Essa tendência está sendo consolidada com a aprovação da nova Lei Nacional de Resíduos Sólidos.

 

Tecnologia – A tecnologia que a ECSS disponibiliza é de ponta. Nessas condições os resíduos se transformam em “novos recursos naturais”.

Diminuindo novas retiradas de matérias nos recursos naturais, tendo impactos ambientais próximos a zero.

 

O projeto contempla a tecnologia de máquina de compostagem, jardins verticais, programas de alta performance, analisado por centros de pesquisa e departamentos de tecnologia Europeus e Americanos como a tecnologia mais promissora para o aproveitamento energético de Resíduos Sólidos e com os maiores ganhos ambientais entre as tecnologias tradicionais e alternativas.

Será descrito neste documento, como o tratamento dos resíduos utilizando o ECSS traz benefícios econômicos, ambientais e sociais em um modelo de desenvolvimento sustentável, com produção de recicláveis, energia elétrica, Jardins Verticais entre outras soluções.

 

A situação em que o país se encontra é comprometedora quanto à disposição final de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), pois no ano de 2008 foram geradas quase 170.000 toneladas ao dia, sendo que apenas 55% deste montante recebeu uma destinação final adequada (aterros sanitários).

 

A gestão da ECSS é conhecida há alguns anos. A vantagem singular da gestão LIXO ZERO, ao contrário da incineração, é a decomposição destrutiva de resíduos com calor indireto, na ausência de oxigênio. A queima de resíduos através da incineração com chama direta e na presença de oxigênio pode ser turbulenta, podendo ocorrer explosões na câmara de queima, na qual se promove uma combinação de gases a serem liberados. A destruição de Resíduos em uma atmosfera rica em oxigênio faz uma conversão incompleta, e altamente ineficiente, criando substâncias tóxicas. A ECSS é a solução.

Aspecto Sócio – Ambiental

Totalmente fundamentada na premissa de crescimento sustentável, a implementação do projeto da ECSS representa a inserção de um conceito de desimpacto ambiental, ao transformar lixo em recursos naturais, reduzindo drasticamente os impactos causados pelos aterros sanitários e lixões. Quando associado à atividade de separação do lixo reciclável representa também uma solução para os problemas sociais, gerando emprego para uma sociedade civil, de baixa renda.

 

Uma característica importante da ECSS, é a separação dos recicláveis e a destinação e transformação do orgânico em adubo de altíssima qualidade.

 

O resíduo (“LIXO”) é tratado no local, reduzindo quantidade de caminhões nas ruas, poluições sonoras, poluições nas ruas com chorume, economia de água entre muitos outros.

A segregação permite uma destinação mais adequada do material reciclável e é condizente com a política brasileira de Resíduos Sólidos.

Apenas o material que não tem qualidade para ser reciclado e a fração biodegradável são destinados para o aproveitamento energético.

Parte da receita com os recicláveis pode ser revertida às associações de Catadores, de modo a gerar trabalho e renda; Solução do problema social dos catadores que trabalham na informalidade. Condições de trabalho adequadas ao invés da situação degradante que se verifica atualmente em várias localidades;

 

Os Resíduos de Serviço de Saúde (RSS), não serão submetidos a processo de triagem, mas sim desinfectado e encaminhado para reciclagem, onde é submetido a tratamento térmico e qualquer possibilidade de intoxicação ou contaminação deixa de existir.

Sustentabilidade0%
Resiliência0%
Inovação0%
Adaptação0%